RSS

Portugués

VI Cúpula das Américas não e um show do socailism do século
XXI.

VI Cúpula das Américas não e um show do socailism do século XXI.Falhado a intenção da Alba do socialismo do século XXI por sabotar a Cúpula das Américas que será levada a cabo em Cartagena durante estes dias e com a ausência de Rafael Correa, Presidente do Equador e autor divisionista de iniciativa com o argumento da no assitencia de Cuba, país que não pertence a OEA, especialmente é um fato que podem esperar para a Colômbia como cumprimentos as relações internacionais, no campo econômico. É inquestionável que a Colômbia assume um papel de liderança regional de importância e que a intenção de transformar a Cúpula em um foro ‘o antiimperialista’, como os seguidores do Foro de São que propuseram em SaoPaulo que foi neutralizado, abrir o modo a uma forma nova de relação multinacional onde tópicos de interesse comum ao continente predominam como eles são isto o desenvolvimento sustentável econômico, o ambiente, a adoção de mecanismos para combater o tráfico de droga e o terrorismo como fatores principais de desestabilización regional.

É um fato que a Cúpula deveria ter principalmente em conta um tópico crítico para o continente, EUA também, as margens preocupantes de pobreza que já saia 50% dos habitantes da América (isto pertence a pessoas com as que sobrevivem menos que U.S.$2 por dia e que eles têm mais de 1 necessidade insatisfeita básica); o crescimento das margens de taxa de crime corre até mesmo ao incremento das margens de pobreza. Hoje, América enfrenta o desafio de uma taxa de crime transnacional com tentáculos no mundo inteiro; fenômenos como o tráfico de droga, o tráfico de armas e a prostituição, eles são inquestionavelmente encadernados à necessidade das pessoas de cobrir seu dia a dia de um modo urgente e se as máfias oferecerem soluções que o Estado não pode oferecer, aquela taxa de crime não só cresce, ela transforma no pior inimigo nas instituições democráticas e do Estado social de direito.

Colômbia pode mostrar sua experiência a partir da sobrevivência das organizações ilegais armadas alimentadas pelo tráfico de droga; aqui se apareceu sem lugar a dúvidas um fenômeno para o inverso que hoje é centro de discussão mundial. As rubricas negligentes políticas de tolerância em frente ao aparecimento do tráfico de droga, permitiu a penetração das instituições e da sociedade, o consumo de narcóticos teve só a repreensão social o que permitiu que esta situação se expandiu com as conseqüências sérias que hoje a pessoa vive. A sociedade recentemente adotou não só punibilidade mede à produção e comercialização, mas para o consumo de substâncias sicotrópicas. O custo para a Colômbia foi alto e freou o desenvolvimento necessário social, porque as medidas negligentes de no passado eram só bons para fortalecer às organizações criminais que acabaram sendo convencido que eles tiveram o bastante músculo para levar o Estado e eles reagiram com comportamentos terroristas quando o Estado os responder adequadamente e como isto deveria ter sido feito muito tempo atrás.

Embora o tópico da legalização do tráfico de droga ou da descriminalização do consumo não está oficialmente no calendário de a Cúpula, é um fato que muitos países do continente têm interesse no tópico faga parte das discussões, entre eles o governo colombiano como esboçou abertamente Presidente Santos, proposta que o governo americano manifestou estar disposto revisar.

———————————————————————————————————————————————

O ATAQUE DE O GUERRILHA É UMA EXPRESSÃO DE COVARDIA

THE ONSLAUGHT OF FARC IS AN EXPRESSION OF PUSILLANIMITYColocar explosivo perto das escolas ou das estradas que os camponeses traficam, especialmente as crianças e as mulheres humildes, enquanto a essas comunidades que o narcoguerrilla diz pra representar politicamente, não é mais que uma expressão de impotência covarde que só os apologistas delas poderão ser sobre representar como escalada violenta que deveria ter saídas políticas.

Aceitar essas teses é pedir à cidade colombiana que dá os valores mais sagrados delas e princípios em face ao crime organizado taxe, o chame narcoguerrilla ou bacrim; de partidário que rota suicida muito logo nós teríamos que dar as cidades ao microtráfico, pra esses que administram a prostituição e pra até o criminoso diz que elas fazem crimes por razões sociais, porque você sao excluído social ou economicamente. Nenhum mais, nenhum menos, a realidade não pode se aparecer com outro nome.

Não é gratuito que o narcoterrorista de ataque é moldado dentro da chamada a uma marcha reivindicar as vítimas supostas do Estado, promovido pela organização comunista MOVICE durante 6 de março, que não é nenhuma coincidência que Farc ordena um desemprego armou em Risaralda e Colidiu dos 1º a 8 de março, entre pior os ataques contra a população civil em Cauca e Arauca. Há uma coordenação que busca mostrar políticas de força e armada do narcoguerrillas que por meio da pressão da liberação desses seqüestrou, eles buscam ganhar algo da terra perdida graças à ação resolvida de Cidade-governo-FF.MM. nas Políticas de aplicação de Defesa e Segurança Democrático. Há uma sucessão inteira de fatos que demonstram isto deste modo: Ao término de 2011 eles assassinam desprezivelmente às 4 uniformizado seqüestrou, com tiros para a parte de trás, cobrir a falta os porta-vozs políticos falam que os terroristas agidos apertado pela presença de exército na área, então os bandidos salgam a dizer que eles os liberarão. Pequeno tempo sais posteriores para dizer que agradar eles liberarão às 6 militar, seu apologista principal pede então abertamente lhes que sejam 10 e exige um mediático de desdobramento internacional de forma que esta liberação é determinado. O narcoguerrilla anuncia de repente que sim que liberará aos 10 e ao mesmo tempo eles emitem caminhos ‘epístolas, até mesmo em latim, para falar de seu testamento de paz.

Simultaneamente Farc desamarra uma onda terrorista contra a população civil do colombiano (Nariño e Cauca, especialmente) sul, os ataques contra transportadores em Putumayo e Caquetá. Antes do pedágio alto de morte  e as destruições provocadas, a população colombiana e a comunidade internacional eexpressam seu rejeito à organização criminal. Como resposta MOVICE programa uma marcha de rejeição para as vítimas do Estado,fala do renascimento do paramilitarismo e de operações entre FF.MM. e as faixas criminais; é procurado para torcer a imagem e a natureza de um conflito soltas por PCC por Farc dos anos 50 no país deste modo; aquele dos promotores da marcha é na realidade o filho de um dos ideólogos da combinação dos modos de brigar, com que PCC deu origem às autodefesas rurais, mais tarde chamado Farc.

Por outro lado os outros apologistas de Farc tremem o tópico das liberações novamente adiadas de ter seqüestrado e eles alcançam uma declaração hipócrita dos terroristas no senso de dar para cima o extorsivo de seqüestro de civil, mas qualquer coisa é dito nesses se aproxime 750 colombianos seqüestrados cujos paradeiros foram silenciados pelo mesmo narcoguerrillas, MOVICE e outras chamadas os defensores de ONG de direitos humanos, como qualquer coisa é dito de crianças, as meninas e adolescentes recrutaram à força por Farc servir como carne de canhão ou os líderes do criminal estrutura objeto sexual.

Essas são as verdadeiras vítimas do conflito para esses que ninguém quer falar, não esses que por motivo de motivar o conflito ou servir como milicianos, informantes, os financiadores econômicos ou políticos do narcoguerrilla eram objeto da conta criminal, as autodefesas ilegais.

Esta foi a história dramática que repetiu para mais de 50 anos no país; as pessoas e organizações que da autenticidade e abusando do democraterismo faz a desculpa dos assassinos de colombiano para nomear do comunismo, mas que eles mostraram a real natureza delas ao ser descoberto como narcoterroristas vulgar. E se repete porque a indiferença de muitos setores, procurando algum nacional político ou figuração internacional ou interesses de outra natureza, que permitiu que algumas organizações criminais que nunca foram fortes podem pôr em cheque qualquer autoridade em regiões remotas do país. É hora de se levantar e rejeitar de uma vez por todas para tudo pelos mecanismos legais qualquer fraqueza institucional em frente a Farc, é necessário contar a estes cavalheiros da guerra que nunca poderá ceder ante a Colômbia e que a cidade inteira apóia seu FF.MM. na batalha decisiva devolver a paz à cidade de sofrimento colombiana.

 

Deja un comentario

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

 
Seguir

Recibe cada nueva publicación en tu buzón de correo electrónico.

Únete a otros 318 seguidores

%d personas les gusta esto: